loader image

Festival Mi agita a cidade de Viçosa do Ceará com apresentações artísticas para todos os gostos e estilos

jul 24, 2023 | Notícias

O calendário se estende até 29 de julho, com uma extensa programação gratuita

Encontros, melodias, ritmos e emoção. Foi assim o primeiro fim de semana do Festival Mi – Festival Música na Ibiapaba. O sábado e o domingo foram marcados por uma programação artística e cultural que promete dar o tom até 29 de julho, último dia do evento. Em sua 18ª edição, o Festival se consolida como peça fundamental do processo de descentralização de políticas culturais e desenvolvimento da cultura musical do Ceará.

A Solenidade de Abertura, que aconteceu no sábado, no palco da Igreja Matriz, contou com a presença da Secretária da Cultura do Ceará, Luisa Cela; Diretora do Instituto Dragão do Mar, Rachel Gadelha; Chefe de Gabinete da Secult Ceará, José Viana Junior; Assessora de Projetos Especiais da Secult Ceará e Representante da Coordenação Geral do Mi, Valéria Cordeiro; Prefeito de Viçosa do Ceará, Francisco João Cardoso Filho; Secretário de Turismo, Cultura e Meio Ambiente, Gilton Barreto de Castro; Gestor Executivo de Economia Criativa do Hub Cultural Porto Dragão, dentre outras autoridades e parceiros do evento, de instituições como Sesc e Sebrae.

Para a Secretária da Cultura, o Festival Música na Ibiapaba se destaca por fazer parte da história de Viçosa do Ceará, que, desde a primeira edição, sempre recebeu o evento de forma amorosa e acolhedora. “Estamos neste ano com uma programação muito diversa e, claro, o caráter formativo, que é o cerne do Mi. A cidade já está tomada de alunos, artistas e professores, que passam a semana inteira aqui, aprendendo. Trata-se de um festival cativo, aqueles que estudam música esperam esse momento para chegarem em Viçosa do Ceará, para aprender, trocar ideias, construir redes com pessoas de todo Brasil. Esse é um momento de muita alegria”, destaca Luisa Cela.

Pluralidade

Na primeira noite do Festival, o público que lotou a Praça da Matriz teve a chance de conferir o show da Orquestra Jovem da Escola de Música Sobral, que apresentou um repertório que foi do erudito ao popular. Para a regente Kátia Sousa, subir ao palco do Mi foi ainda mais especial, pois, de 2007 a 2010, ela esteve presente no evento, mas como aluna das oficinas. “Voltar aqui, dessa vez com a Orquestra, foi incrível! Ficamos muito felizes com o convite, eu mesma estava morrendo de saudade de Viçosa”, afirma.

Já para encerrar o primeiro dia em grande estilo, Silvero Pereira apresentou o espetáculo “Silvero interpreta Belchior”, que já passou por diversas cidades do Brasil. Acompanhado pelos músicos Caio Castelo na guitarra, Dândara Marquês no baixo, Joana Lima no Teclado, Vladya Mendes na bateria e Lélis no sax e na flauta, o artista fez releitura de canções como “A Palo Seco”, “Alucinação”, “Sujeito de Sorte” e “Como Nossos Pais”.

Neste domingo, no período da tarde, no Patamar da Igreja Matriz, aconteceu a apresentação da Banda de Música de Viçosa. Já à noite, a programação contou com a Cia Mamulengo Gratidão, com o espetáculo “A Peleja do Vaqueiro Benedito contra o Capitão João Redondo e a Cobra Madalena”, a cantora Lorena Nunes, com o infantil “Xirezim”, e a Mulher Barbada, com seu show provocativo – e divertido – “BÁRBARA!, encerrando a segunda noite do Festival.

Para Leo Porto, gestor executivo do Hub Cultural Porto Dragão, o primeiro final de semana do Festival Mi se destacou pela pluralidade de sons e ritmos. E para os próximos dias, as expectativas são as melhores possíveis. “Mais do que nunca, vamos apresentar para a cidade a diversidade cultural do Ceará, trazendo também convidados de outros estados. As pessoas terão, ao longo do evento, a oportunidade de ter acesso a diversos artistas em suas mais diferentes vertentes e estilos”, pontua.

Próximas ações

Dando continuidade à programação, na segunda-feira, 24/07, o Festival apresenta Roda de Som de Alunos, às 19h no Theatro Pedro II. Também às 19h, haverá o X Encontro Estadual de Regentes de Bandas de Música e Orquestras na escola Dr. Júlio de Carvalho. Já na terça, às 18h, tem a Roda de Conversa: “Acessibilidade Estética e Direito Cultural” com Thamyle Vieira Machado, Daina Leyton e Roger Prestes. E às 19h, Roda de Som de Professores, ambas no Theatro Pedro II.

O 18⁰ Festival Mi – Música na Ibiapaba é realizado pelo Governo do Ceará e Secretaria da Cultura, por meio do Hub Cultural Porto Dragão, equipamento da Secult Ceará gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar. Tem parceria com a Secretaria da Educação, da Prefeitura de Viçosa do Ceará, do Sebrae Ceará e do Serviço Social do Comércio do Ceará.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support