De 25 a 30 de julho, o Festival Mi ocorre em formato online com programação formativa com oficinas, mesas e palestras sobre Música e Acessibilidade Cultural, além de diversa programação artística com shows, pockets shows e o papo musical “Música & Prosa”

Referência no calendário cultural do Estado e um dos principais festivais de formação musical do Brasil, o Festival Mi é realizado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e pelo Instituto Dragão com apoio da Prefeitura Municipal de Viçosa do Ceará e chega à sua 16ª edição de forma totalmente online. Vibrando no tom certo, o do cuidado e da responsabilidade, o evento mantém sua afinação com a formação e a fruição musical, unindo estudo musical, acessibilidade cultural, entretenimento e patrimônio.

O Mi, que sempre reúne tantos instrumentos musicais pelas ruas de Viçosa do Ceará, este ano nos transforma em instrumentos através das trocas de experiências, conhecimentos e gostos, proporcionando uma formação humana entre todas as pessoas que participam de sua programação diretamente da Ibiapaba, do Ceará e do Brasil.

O Festival Mi tem início neste domingo (25/7) às 16h com sua abertura oficial, seguida do show infantil do paulista Hélio Ziskind (SP), a apresentação de Mãeana e Bem Gil (RJ), fechando com um grande encontro entre os Mestres do Mi, os professores, com mediação do sanfoneiro cearense Rodolfo Forte, Orlângelo Leal, Manu Cavalaro e Romulo Santiago. Vale destacar que os shows de abertura contarão com interpretação em LIBRAS. 

A programação seguirá até sexta-feira (30/7), com mais de 30 atrações entre oficinas, shows, pockets shows, mesas, palestras e papos musicais no ambiente digital. Toda programação é gratuita e pode ser conferida e acompanhada no site oficial do evento www.festivalmi.com.br

PROGRAMAÇÃO DO PRIMEIRO DIA – 25 DE JULHO  DOMINGO
Após a abertura oficial da 16ª edição, o domingo com o Mi segue animado e plural. O paulista Hélio Ziskind apresenta às 16h30 seu show infantil com músicas para criança gostar de música, comentando também a motivação de algumas de suas composições para programas da TV Cultura. Seguimos às 17h20 com a apresentação de Mãeana e Bem Gil, que apresentam um show com canções inéditas de vários compositores e artistas contemporâneos e encerramos a noite com professoras e professores de várias edições do Mi, neste encontro com os Mestres do Mi que contará com a mediação de Rodolfo Forte, Orlângelo Leal, Manu Cavalaro e Rômulo Santiago.

POCKET SHOWS COM ARTISTAS CEARENSES
Trazendo pluralidade de estilos e a diversidade e maestria que a cultura cearense tem, 11 pockets shows espalham-se pelos 5 dias de evento, abrindo a programação da noite de cada dia. Abidoral Jamacaru (Cariri), Cristiano e Humberto Pinho (Viçosa do Ceará), Moon Kenzo (Sobral), Oigá (Cariri) e Os Bardos (Tianguá) trazem sonoridades da região da Ibiapaba. Na capital, os palcos recebem Orquestra Transversal, Luiza Nobel, Viramundo, Carlinhos Patriolino Trio e Vacliant. Os shows foram gravados em diversos espaços parceiros, como o Cineteatro São Luiz, o Theatro José de Alencar e no SESC Crato, seguindo todos os protocolos.

PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL DA IBIAPABA
Mantendo seu laço com o patrimônio material e imaterial da Ibiapaba, este ano o Festival Mi convida o público a visitar uma sessão especial em seu site, dedicada a compartilhar registros e pesquisas sobre o percurso do patrimônio cultural, turístico e histórico, realizados nas últimas edições do evento. Uma oportunidade do público conhecer a riqueza que a região da Ibiapaba tem para compartilhar e as histórias que ecoam pelas ruas de Viçosa do Ceará, seja com as serenatas inspiradas por Zé Músico, a cultura e os saberes populares dos Tesouros Vivos da Cultura e a história contada através da arquitetura preservada.

NAÇÃO TABAJARA
Desde sua última edição, o Mi mantém parceria com o Coletivo Nação Tabajara, grupo de artistas da região que realiza o trabalho de difusão e produção artística local, através de festivais, mostras, cursos e oficinas. Em 2019, o Palco Nação Tabajara integrou a programação de shows. Este ano, com curadoria do Coletivo Nação Tabajara, o site do festival recebe uma galeria com 15 vídeos de artistas da música e da dança da região, divulgando trabalhos recentes com toda sua multiplicidade de gêneros e estilos. A sessão ficará disponível para visita durante todo o período do evento.

MÚSICA E ACESSIBILIDADE

Além das oficinas que ocorrem entre os turnos de manhã e tarde, como parte do eixo formativo do Festival Mi, 06 mesas e palestras sobre Música e Acessibilidade Cultural também acontecerão. Também complementam e diversificam a agenda do Mi as oficinas que aconteceram antes do evento, os diálogos sobre formação musical, bandas de música e musicoterapia.

LINK PARA PROGRAMAÇÃO COMPLETA

SERVIÇO

16º Mi – Festival Música de Ibiapaba

Período: 25 a 30 de julho 

Gratuito e online

www.festivalmi.com.br

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support