POCKET SHOW com Carlinhos Patriolino Trio (Fortaleza)

Carlinhos Patriolino é multiinstrumentista autodidata, nasceu no dia 19 de dezembro de 1961 em Sobral, mas ainda criança se muda com a família para Fortaleza. Filho de dona Teresinha Damasceno e do compositor e escritor Carlos Patriolino, Carlinhos é o caçula dos sete filhos do casal. 

Sua infância foi marcada pelas serestas e pelas rodas de choros que seu pai o levava semanalmente. Aos seis anos de idade, incentivado pelo pai, começou a tocar violão ganhando logo depois um bandolim como recompensa pelo seu desempenho. Aos treze anos de idade Carlinhos já surpreendia compondo e tocando bandolim, violão, guitarra e cavaco ao lado de músicos profissionais. Durante a sua carreira, Carlinhos Patriolino tocou e gravou ao lado de vários cantores e instrumentistas consagrados da MPB como: Amelinha, Ednardo, Fausto Nilo, Sandra de Sá, Zélia Duncan, Chico César, Alcione, Emílio Santiago, Wilson Simonal, Belchior, Orlando Morais, Paulinho Moska, Sivuca, Paulo Moura, Altamiro Carrilho entre outros. Desses artistas, o que mais marcou sua carreira foi o cantor Emílio Santiago, com quem tocou por quase dez anos.

Em 1979, Carlinhos participou do maior evento cultural do estado, o Movimento Massafeira Livre. Nessa semana, a arte cearense ganha proporções incalculáveis. Em 2001, Carlinhos Patriolino foi reconhecido pelo público como o melhor músico nas categorias Compositor de Música Instrumental e Instrumentista de Cordas (Instrumento Acústico) do Prêmio Nelsons da Música Cearense de 2000. Recebendo, assim, quatro troféus na noite de premiação ( melhor instrumentista, melhor CD, melhor grupo e melhor compositor) no dia 27 de junho de 2001, que fora realizada no Theatro José de Alencar. Dono de uma musicalidade própria e inconfundível, especialmente nas notas de seu bandolim, Patriolino desenvolveu um trabalho autoral que revela sua herança sonora marcadamente brasileira, que pode ser conferido em seus discos autorais: “Rabisco” e “Sambopeando”, este último realizado em parceria com o pianista carioca João Braga.

Em 2007, o CD “Sambopeando” recebeu o troféu Cata-Vento na categoria melhor CD Instrumental pela Rádio Cultura de São Paulo. Ainda em 2007 Carlinhos passou dois anos em turnê na Europa, circulando em casas e teatros de mais de quatro países com um concerto de música instrumental brasileira. Lá foi reconhecido e muito elogiado pela sua capacidade inventiva e jazzística. Em Barcelona (2008), teve o prazer de participar do Festival Raval All Stars. Ao retornar da Europa, Carlinhos volta para Fortaleza, atuando em diversas formações musicais da cidade além de apresentar seu show solo em centros culturais, mostras e festivais, como Centro Cultural Banco do Nordeste, SESC, Centro Cultural Dragão do Mar, Centro Cultural Oboé, Instituto CDL de Cultura, Theatro José de Alencar, Feira da Música, Festival Mel Chorinho e Cachaça, Festival Jazz & Blues, Festival Ceará Instrumental, Festival Manifesta, Festival Choro Jazz, Festival Música na Ibiapaba etc. 

Em 2011, teve a música “Atravessado” na coletânea de 10 anos do Centro Cultural Banco do Nordeste e começou a ministrar na Fundação Lugon, onde deu aulas de violão, bandolim e cavaquinho, e coordenou um regional de choro. Em 2012, foi convidado pela Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará – UECE para solar Suíte Retratos do compositor Radamés Gnattali em um concerto no Theatro José de Alencar e logo depois na abertura do Festival Música na Ibiapaba. Carlinhos Patriolino participou também do Festival Choro Jazz de Jericoacoara. Foi o instrumentista homenageado pelo II Festival Ceará Instrumental e logo após começou a gravar seu novo CD, o “Vivências”. Já em 2013, começou a reger o regional de choro da Fundação Lugon e participou da abertura do Carnaval de Fortaleza e da gravação do DVD do cantor Ednardo, ambos realizados no  Dragão do Mar. Depois do lançamento do CD “Vivências”, no primeiro semestre de 2014, Carlinhos segue com vários shows do seu ultimo CD, foi convidado pelo SESC Consolação, em São Paulo, para realizar um Show no circiuto Sesc Instrumental, gravando também o programa Passagem de Som, também pelo Sesc, em São Paulo. Seguindo a agenda de vários shows de promoção do seu mais recente CD ,”Vivências”, em 2016 Carlinhos Patriolino segue para uma turnê internacional na Europa passando por Portugal, França e Espanha, 

Carlinhos impressiona com sua forma única de tocar, finaliza a turnê com 14 shows. Agora, com 45 anos de carreira, Carlinhos está tendo suas músicas compiladas pela “OPN- Orquestra Popular do Nordeste” e brevemente será lançado seu primeiro Songbook.

Data

jul 26 2021
Expired!

Tempo

19:40 - 20:00

Local Time

  • Timezone: America/New_York
  • Date: jul 26 2021
  • Time: 18:40 - 19:00

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support